Museus Navais do Brasil

Museus Navais do Brasil

Localizado no sítio histórico da Fortaleza de São José da Ilha das Cobras, na cidade do Rio de Janeiro, seu circuito expositivo está disposto em túneis subterrâneos construídos no século XVIII, compondo um salão principal para exposições e uma mostra permanente que registra a participação do CFN nos principais fatos da história da Marinha do Brasil, reunindo materiais arqueológicos e iconográficos, documentos históricos, obras de arte, além de equipamentos, viaturas, armaria, uniformes e condecorações de militares. Venha nos conhecer!
O Museu do Porto de Belém está localizado dentro da Estação das Docas, na cidade brasileira de Belém do Pará. Seu acervo é composto de peças encontradas no decorrer da restauração do espaço por meio das escavações, entre outros, além de fotografias que contam a sua origem.

 

O Museu Náutico da Bahia tem como objetivo transmitir conhecimentos relativos à Hidrografia, Sinalização Náutica, Navegação na Bahia do Século XVII e XVIII, ao naufrágio do Galeão Sacramento e sua Arqueologia Submarina, e sobre a própria história da fortaleza e suas transformações. Além da exposição de um rico acervo, o museu é provido de salas para exposições temporárias e demais eventos culturais, biblioteca e informações correlatas ao seu acervo através de publicações e multimídia. O museu também contempla aspectos voltados para assuntos ecológicos, dentre os quais está a educação ambiental.
Inaugurado em 12 de dezembro de 2001, A temática desenvolvida refere-se à história da instalação da Capitania dos Portos do Rio Grande do Sul e das diversas Organizações Militares sediadas na cidade do Rio Grande, dentre elas: a Estação Naval do Rio Grande, o Grupamento de Fuzileiros Navais do Rio Grande, o Serviço de Sinalização Náutica do Sul, o 5º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral, a Estação Radiogoniométrica da Marinha no Rio Grande, o Grupamento de Patrulha Naval do Sul e o Depósito Naval de Rio Grande.

 

O andar térreo da Casa D´Armas da Ponta da Armação destina-se à preservação da memória e à divulgação das atividades da DHN, relacionadas com a Segurança da Navegação, a Cartografia, a Hidrografia, a Oceanografia, a Meteorologia, a Navegação, a Sinalização Náutica e a Pesquisa Científica Antártica – o Espaço da Memória Histórica da DHN.
Localizado na Avenida 9 de julho 4.597, o Centro Cultural da Marinha em São Paulo foi inaugurado em 17 de fevereiro de 1998 e possui um acervo permanente sobre: Primeira e Segunda Guerras Mundiais, Guerra do Paraguai, Marinha contemporânea, Oficina de leitura e pesquisa, O navio, A formação da Armada.
Ao visitar o Espaço Cultural da Marinha, você vai embarcar numa sensacional viagem pela história do Brasil. Logo na entrada, a exuberante Galeota D. João VI vai transportá-lo ao século XIX. Construída em 1808, em Salvador, esteve em uso até os primeiros governos republicanos. O Espaço Cultural apresenta mais dois módulos. No seu itinerário, percorra a História da Navegação e mergulhe na Arqueologia Subaquática.
Começou a funcionar como museu oceanográfico a partir de 1982, na antiga sede do Projeto Cabo Frio, embrião do futuro IEAPM. Originou-se da idéia de expor um esqueleto de uma Orca com seis metros de comprimento, que havia encalhado e sucumbido na Ilha do Cabo Frio em 1981, apesar de todo o esforço dos pesquisadores do Projeto Cabo Frio.
A Casa do Homem do Mar é um Museu de História Naval, e busca resgatar, desde os primórdios da humanidade até nossos dias, a relação do homem com os oceanos em seus mais variados aspectos. Sob esse ponto de vista, a exposição foi segmentada em áreas temática e cronologicamente distintas, que transmitem ao visitante amplo conhecimento relacionado ao acervo exposto.
O Museu da Aviação Naval está localizado na Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia, na cidade de São Pedro da Aldeia – Rio de Janeiro e foi criado em 23 de agosto de 2000. O Museu tem como propósitos: resgatar e manter o acervo histórico da Aviação Naval, assim como fazer a integração das Organizações Militares, o Comando da Força Aeronaval e a Marinha do Brasil como um todo, alcançando a comunidade civil e ampliando a sua mentalidade marítima. Possui um acervo diversificado, contando com aeronaves originais e réplicas, diversos motores, inúmeras maquetes, fotos, documentos e manuais das OM do Complexo da Força Aeronaval.

Fundado em 8 de setembro de 1953, mantém uma exposição pública sobre a vida e a dinâmica dos oceanos, apresentada em painéis, maquetes, aquários e diversos equipamentos utilizados em pesquisas oceanográficas.

Sobre maniamuseu

Maníaco por museus de todo mundo. Eles trazem a história, o futuro, o diferente e a cultura. Entretenimento e educação. Viaje em maniamuseu.
Esse post foi publicado em Marinha, Militar, Museus do Brasil e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s