Musa – Museu da Amazônia

Da riqueza e da diversidade amazônica vem a idéia desse museu vivo e ao ar livre.

“O mote ‘viver juntos’, mais que um imperativo de entendimento entre humanos e não humanos que aqui vivem, é, para o Musa, símbolo de um projeto de educação e solidariedade empenhado em promover o convívio dos cidadãos na diversidade cultural, biológica, social e política da grande bacia amazônica.”
Projeto conceitual do Musa


Um museu vivo
Que segredos escondem as águas do rio Negro? Que constelações as diversas etnias indígenasamazônicas identificam no céu? Como um mosquito vê a floresta ao seu redor? Seria possível “enxergar” o ar que se move entre a copa das árvores?

A complexidade e a rica diversidade social e biológica da Amazônia suscitam uma série de perguntas. Para algumas, as respostas já existem. Para outras, elas ainda precisam ser descobertas.

Embarcar nessa aventura, de imaginar perguntas e buscar respostas, é o que propõe o Musa – Museu da Amazônia.

Para cumprir esse objetivo, será preciso ir de encontro à natureza. Os sentidos, como o tato e a visão, não serão os únicos aliados na jornada – uma variedade de instrumentos, entre microscópios, lupas e microcâmeras, ajudará a estimular a curiosidade do visitante. Muitas vezes, será preciso sair da posição de observador para tentar entender como um pássaro nos enxerga ou o modo como uma formiga experimenta o mundo.

Este é o convite que o Musa faz a seus visitantes: adentrar a floresta e conhecer um verdadeiro museu vivo.

A estrutura

Criado em janeiro de 2009, o Musa ocupará 100 hectares da Reserva Adolfo Ducke, em Manaus, uma área de floresta de terra-firme nativa que há mais de 30 anos vem sendo estudada por cientistas. Os resultados dessas pesquisas, reunidos em catálogos sobre temas como plantas, pássaros e rãs, são o ponto de partida do acervo do museu.

O público terá acesso a esse espaço em meados de 2010, quando se pretende inaugurar a primeira instalação: uma plataforma elevada coberta por uma tenda de 80 metros de comprimento. A estrutura abrigará um anfiteatro, salas para palestras e exibição de vídeos, banheiros e praça de alimentação. Cruzando seus dois andares, haverá um aquário de 800 mil litros no qual estarão expostos peixes da Amazônia, como o pirarucu, o poraquê e o jaraqui.

Serão inauguradas ainda trilhas e torres de observação dentro da floresta e exposições temáticas. Projetos de educação ambiental, de apoio à pesquisa e de divulgação científica também estão agendados.

Espaço para educação e conhecimento, acima de tudo espera-se que o Musa seja um local de convivência e celebração da diversidade. Um espaço onde os humanos de diversas culturas e a natureza possam colocar em prática o mote viver juntos.

Venha experimentar novas formas de olhar, sentir e pensar a floresta.
Seja bem-vindo ao Musa – Museu da Amazônia.

Exposição no Musa:

Prepare-se para uma viagem pela história, cultura e biodiversidade da região onde acontece um dos fenômenos mais conhecidos da Amazônia: o encontro das águas dos rios Negro e Solimões.

Nesta exposição você descobrirá que as águas de cores diferentes e que demoram a se misturar não são a única atração do encontro das águas.

As peças arqueológicas em exibição, por exemplo, foram encontradas na região de Manaus, onde acontece o encontro das águas, e demonstram a presença humana na Amazônia há mais de nove mil anos, muito antes do que os cientistas pensavam até então.

Outra atração é o conjunto de aquários, idealizado para dar ao visitante uma amostra da biodiversidade local. Você poderá ver o poraquê, peixe elétrico conhecido por liberar uma descarga de até 600 volts para atordoar suas presas – uma corrente seis vezes maior que a da tomada da nossa casa!

Conhecerá também o jaraqui – peixe que inspirou o famoso dito popular manauara “quem come jaraqui, nunca mais sai daqui” – e saberá por que ele depende de regiões com encontro de águas para sobreviver.

Textos e fotos impressos em grandes painéis completam a exposição, que pode ser acompanhada com a presença de monitores treinados.

“O que se encontra no encontro das águas”
Embarque nesta aventura!


Conheça Projetos do MUSA:

 

Sede administrativa

Av. Constelação, número 16, conjunto Morada do Sol, bairro Aleixo, Manaus – AM

Sede da Associação
Rua GH, número 11, conjunto Morada do Sol, bairro Aleixo, Manaus – AM

Tenda no Jardim Botânico
Av. Uirapuru, bairro Cidade de Deus, Manaus – AM

Como chegar à Tenda do Jardim Botânico:
As linhas de ônibus que chegam ao Jardim Botânico Adolpho Ducke são:

• 448 no Terminal 3 (T3) e Terminal 1 (T1)
• 061 Terminal 4 (T4)
• 069 Terminal 4 (T4)
• 052 Terminal 3 (T3)

De carro considerando como ponto de partida a bola do Coroado:
1. Siga na Alameda Cosme Ferreira em direção à Zona Leste
2. Na rotatória do São José, pegue a 3ª saída (entre o terminal 5 e oShopping São José) e siga em frente na Av. Grande Circular em direção àCidade de Deus
3. Chegando à Bola do Produtor, faça metade do contorno e siga na mesma direção em que estava.
4. Ao final da Av. Grande Circular, vire à esquerda na rotatória da Bola (em frente ao Forró do Xega Mas)
5. Siga em frente na Av. Nossa Senhora da Conceição até a Bola da Av. Uirapuru (Grande Circular Dois)
6. Logo em frente à Bola fica a entrada para o Jardim Botânico.

De carro considerando como ponto de partida a Rodoviária:
1. Siga em frente até a Torquato Tapajós
2. Siga em frente na Torquato Tapajós, passando das entradas para o aeroporto e para a Expoagro.
3. A partir daí, siga as sinalizações (placas) para o Conjunto NovaCidade, sempre em frente, até avistar a Reserva Adolpho Ducke e oJardim Botânico.

Musa – Museu da Amazônia.

Sobre maniamuseu

Maníaco por museus de todo mundo. Eles trazem a história, o futuro, o diferente e a cultura. Entretenimento e educação. Viaje em maniamuseu.
Esse post foi publicado em Astronomia, Água, Biologia & História Natural, Botânica, Ciência & Tecnologia, Geologia Mineralogia Jóias & Metais Preciosos, Museus do Brasil e marcado , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s