EXPOSIÇÃO FORMAS DE HUMANIDADE

Museu de Arqueologia e Etnologia da USP

foto expo egito.jpg

O MAE enviou novas fotos através de Mônica Dias da Divisão de Difusão Cultural /
Serviço Técnico de Musealização
. Aproveite para conhecer mais e agendar uma visita a este espaço único e conferir a exposição. Fotos de Wagner Souza…foto expo manifestações socio cult indigenas.jpg foto expo origens do homem.jpg

foto expo origens e expansaõ indigenas.jpg

EXPOSIÇÃO FORMAS DE HUMANIDADE

O Museu de Arqueologia e Etnologia da USP conta com um
acervo de 120 mil objetos e imagens referentes à cultura material
da América do Mediterrâneo, Médio Oriente e África, abarcando
uma extensão temporal que vai da pré-história até nossos dias. São
máscaras, amuletos, armas, cerâmicas, pinturas, adornos, vestimentas,
utensílios domésticos, instrumentos musicais e de trabalho.

A Divisão de Difusão Cultural visa divulgar o acervo do MAE/USP
através de atividades que envolvam visitas à exposição e discussão dos
temas trabalhados pela exposição.

A exposição de longa duração intitulada Formas de Humanidade
oferece um panorama de diferentes culturas, em diversos lugares e
tempos, a partir de objetos expostos no seu contexto museográfico. Ela
é formada por três diferentes setores:

SETOR A1 – ORIGENS E EXPANSÃO DAS SOCIEDADES
INDÍGENAS: Este setor busca divulgar as diferentes formas de
subsistência, tecnologia, organização social e representação das
sociedades indígenas pré-coloniais a partir de uma perspectiva
cronológica. Ele pretende discutir os processos culturais dos grupos
caçadores-coletores, pescadores-coletores e agricultores.

SETOR A2 – MANIFESTAÇÕES SÓCIO-CULTURAIS INDÍGENAS:
Este setor trata das sociedades indígenas do século passado. Ele
procura evidenciar as diferenças existentes entre os grupos indígenas
e caracterizar sua organização sócio-econômica, suas formas
de celebração e representação. Ele também procura discutir os
preconceitos e idéias equivocadas a respeito das sociedades indígenas.

SETOR B – ÁFRICA: CULTURAS E SOCIEDADES: Este setor busca

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
MUSEU DE ARQUEOLOGIA E ETNOLOGIA

Av. Prof. Almeida Prado, 1466-Cidade Universitária-São Paulo-CEP 05508-900

divulgar aspectos da diversidade cultural das sociedades africanas e as
respectivas influências no Brasil. Ele propicia a observação de objetos
que evidenciam as diferentes tecnologias e formas de celebração,
procurando discutir as adaptações culturais aos diferentes ambientes da
África e os preconceitos em relação às sociedades africanas.

SETOR C – MEDITERRÂNEO E MÉDIO ORIENTE NA ANTIGUIDADE:
Este setor trata das características econômicas, tecnológicas e
religiosas da Antigüidade no Mediterrâneo e Médio Oriente, além
de destacar a ocupação pré-histórica européia. Ele propõe discutir
questões ligadas ao comércio, intercâmbio cultural e diferentes formas
de colonização.

1. Visitas Livres:
As visitas livres são conduzidas pelo próprio professor da escola
visitante. Elas podem ocorrer nos seguintes dias e horários: de 3a a 6a
feiras – das 08h30 às 10h00 ou das 13h30 às 15h00; sábados – às
10h00 e às 16h00. O número máximo de alunos para este tipo de visita
é 90.

2. Visitas Monitoradas:
A visita monitorada é composta de três etapas: um acolhimento
inicial, a visita à exposição e uma atividade final. O limite máximo de
alunos para este tipo de visitação é de 01 (uma) classe de, no máximo,
45 alunos.
Para que a escola tenha direito a uma visita monitorada é preciso
que pelo menos 01 professor já tenha participado do treinamento de
professores, que ocorre no próprio MAE. Cada escola tem direito a 04
visitas monitoradas por ano, sendo para isso necessária a participação
de pelo menos 02 professores no treinamento.
Os horários para este tipo de visita são: de 3a à 6a feira – das 10h00
às 12h00 ou das 15h00 às 17h00. A escola pode escolher apenas 01
setor para visitação. Se houver atraso de 20 minutos, ou mais, a escola
perderá o direito à monitoria, realizando uma visita livre.

3. Treinamento para Professores:

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
MUSEU DE ARQUEOLOGIA E ETNOLOGIA

Av. Prof. Almeida Prado, 1466-Cidade Universitária-São Paulo-CEP 05508-900

Este treinamento gratuito e oferecido mensalmente é condição prévia
para o agendamento das visitas monitoradas dos alunos destes mesmos
professores.
Tem como objetivo a apresentação e a discussão da
exposição “Formas de Humanidade”, dos seus conceitos unificadores e
dos roteiros de visitas monitoradas. O professor que participa do
treinamento tem condições de selecionar o roteiro de visita mais
apropriado para seus alunos, preparando-os para dar continuidade à
mesma na sala de aula.
O limite máximo são de 15 professores em cada treinamento. Nele
são oferecidos os seguintes materiais:
• Apostila de textos básicos sobre os principais conceitos utilizados
em nossa exposição e material bibliográfico atualizado a respeito da
mesma;
• Apostila referente aos conteúdos dos setores da exposição.
O professor pode, se quiser, xerocar o material do treinamento.
Para os interessados o MAE vende, em sua loja, o Guia Temático
Para Professores que contém ilustrações e atividades a respeito dos
setores “Origens e Expansão das Sociedades Indígenas” e “África:
Culturas e Sociedades”.
No caso de agências de turismo: os agentes poderão participar do
treinamento oferecido, porém apenas poderão agendar visitas em
horário de visitas livres, e deverão eles mesmos monitorar suas próprias
atividades na exposição.

4. Agendamento das visitas:
O agendamento das visitas livres e monitoradas é feito
mensalmente. Ele sempre ocorre a partir da terceira 2a feira do mês.
Devido ao limite máximo de quatro visitas diárias (duas livres e duas
monitoradas), recomendamos aos professores que liguem o mais
prontamente possível, de modo a garantir sua visita. No caso de
cancelamento, pedimos aos professores que informem com
antecedência, para não prejudicar outras escolas interessadas em visitar
a exposição.
Após o agendamento, o professor deverá mandar um ofício, via
fax, confirmando a presença da sua escola no dia e no horário
agendados. Este ofício também deve ser trazido no dia da visita.

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
MUSEU DE ARQUEOLOGIA E ETNOLOGIA

Av. Prof. Almeida Prado, 1466-Cidade Universitária-São Paulo-CEP 05508-900

5. Taxas:
Escolas particulares:
• Até 30 alunos – R$ 3,00 por aluno;
• De 31 à 45 alunos – R$ 90,00;
• De 45 à 90 alunos – R$ 120,00.
Escolas públicas:
• Até 45 alunos – R$15,00
• Acima de 45 alunos – 2 taxas de R$ 15,00.

OBS: O pagamento deverá ser feito na tesouraria no dia da visita à
exposição.

TELEFONE/ FAX: 3091-4905
http://www.mae.usp.br
Endereço: Av. Prof. Almeida Prado, 1466. Cidade Universitária
(ao lado da prefeitura da Cidade Universitária)

Os ônibus escolares devem entrar no campus somente através da
Av. Politécnica (portão 2 – próximo à ponte do Jaguaré, na Marginal
Pinheiros).
Favor deixar todo o material dos alunos no ônibus.

Sobre maniamuseu

Maníaco por museus de todo mundo. Eles trazem a história, o futuro, o diferente e a cultura. Entretenimento e educação. Viaje em maniamuseu.
Esse post foi publicado em Arqueologia, Arte Comunicação&Design, História & Arqueologia, Museus do Brasil e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s