Museu Naval e Oceanográfico do Rio de Janeiro

Conheça um submarino por dentro, ancorado na bahia da guanabara.

O Submarino Riachuelo

Construído em 1973, na Inglaterra, o Submarino Riachuelo foi lançado ao mar em 6 de setembro de 1975, e incorporado à Armada brasileira em 27 de janeiro de 1977.

Sétimo navio da Marinha do Brasil a ostentar este nome, recorda a batalha naval de 11 de junho de 1865 entre a esquadra paraguaia e uma fração da esquadra brasileira, sob o comando do Almirante Barroso, ocorrida nas proximidades de um riacho do mesmo nome.

Submarino da classe Oberon, trouxe um grande avanço no domínio de técnicas para os procedimentos operativos, demarcando uma nova etapa na história da nossa Força de Submarinos.

Após 20 anos de operatividade, foi desincorporado do Serviço Ativo da Armada. Sua Mostra de Desarmamento foi realizada em 12 de novembro de 1997, sendo reclassificado como Submarino-Museu.

INFORMAÇÕES
Visitação: de 3a feira a domingo, das 12h, às 17h
Endereço: Av. Alfredo Agache, s/n, Centro, próximo à Praça XV, Rio de Janeiro
Telefone:2233-9165 / 2104-6721
Entrada Franca

O Museu Naval e Oceanográfico do Rio de Janeiro

O Museu Naval e Oceanográfico localiza-se no centro da cidade do Rio de Janeiro, Brasil.

O seu prédio, construído em 1868 para servir de sede ao Clube Naval, apresenta estilo eclético.

A partir de 1972 as suas dependências foram ocupadas pelo acervo do Museu da Marinha, subordinado ao Serviço de Documentação da Marinha (SDM).

Espaço destinado à preservação da memória naval brasileira, em seu acervo se encontram diversos documentos que relatam a história da Marinha do Brasil, com ênfase na participação brasileira em conflitos.

Destaca-se na exposição a carta de Nicolas Durand de Villegagnon, datada de 1557, na qual se descreve a baía de Guanabara à época, além de diversos modelos de navios de guerra, mobiliário, uniformes e diversos outras pelas relativas à história e tradições da Marinha brasileira.

Após uma fase de obras e reformas no prédio centenário, foi preparado um novo circuito expositivo, reaberto ao público em 28 de setembro de 2006. A exposição permanente “O poder naval na formação do Brasil“, ocupa sete salas do pavimento térreo. O segundo pavimento é destinado a exposições temporárias.

A Diretoria do Patrimônio Histórico e Documentação da Marinha (DPHDM) compreende o Complexo Cultural da Marinha, que recebe mais de 120 mil visitantes por ano em suas várias unidades:
Ilha Fiscal
Espaço Cultural da Marinha
Nau dos Descobrimentos
Navio-Museu Bauru
Rebocador Laurindo Pitta
Submarino-Museu Riachuelo
Museu Naval – Sede da DPHDM
Arquivo da Marinha
História Marítima e Naval
Publicações e Divulgação
Biblioteca da Marinha
Consulta ao Acervo do Museu
Consulta Online ao Pergamum
Revista Marítima Brasileira

Sobre maniamuseu

Maníaco por museus de todo mundo. Eles trazem a história, o futuro, o diferente e a cultura. Entretenimento e educação. Viaje em maniamuseu.
Esse post foi publicado em Aviação, História & Arqueologia, Marinha, Museus do Brasil e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s