Museu de Vampiro – a origem do Crepúsculo (Twighlight)

O Castelo do Conde Drácula

Foi inaugurada em Bucareste, na Romênia, uma exposição que procura resgatar a origem histórica da criação da lenda do Conde Drácula. Organizada pelo Museu de História da Arte de Viena e o Castelo de Ambras de Innsbruck, onde grande parte do material exposto fica guardado, a mostra tem como objetivo desmistificar a figura de Vlad III, que ficou conhecido na história como um homem sanguinário, e inspirou diversas obras de ficção.

A exposição, que está dividida em quatro partes, inicia contando a verdadeira história de Vlad III, o Drácula – que quer dizer filho do Dragão ou do Diabo -, o senhor feudal que viveu na região da Transilvânia, e que no século XV se aliou e lutou com os conquistadores turcos e húngaros.

Os organizadores da mostra atribuem a reputação sinistra de Vlad III às crônicas dos colonos germânicos que se estabeleceram na região, e que sofreram com as restrições comerciais e os ataques militares do senhor feudal, e considera muito difícil provar que o personagem tenha sido cruel como dizem as lendas.

fonte: http://www.viajandaunblog.pop.com.br/

Sobre maniamuseu

Maníaco por museus de todo mundo. Eles trazem a história, o futuro, o diferente e a cultura. Entretenimento e educação. Viaje em maniamuseu.
Esse post foi publicado em Crime e Terror, Museus da Romênia e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s